Perda auditiva neurossensorial em altas frequências

Você tem problemas para ouvir sons de alta frequência? A história de Elizabeth é fictícia, porém é baseada em experiências comuns de pessoas com perda auditiva neurossensorial em altas frequências. Se a situação de Elizabeth se assemelha à sua, um sistema de estimulação eletroacústica (EAS) pode ajudá-lo a escutar.

Perda auditiva neurossensorial em altas frequências
Perda auditiva neurossensorial em altas frequências

Sobre a Elizabeth

Elizabeth sofre de perda auditiva neurossensorial em altas frequências, o que significa que ela pode ouvir sons graves, como vozes masculinas (graves), mas a maior parte dos sons agudos, como vozes femininas ou sinos tocando, soa abafada ou não é percebida. Esse tipo de perda auditiva é muito comum, podendo ser tratada com um sistema de estimulação eletroacústica (EAS).

Mudanças sutis

Olhando para trás, diria que não houve um momento “a-ha” quando percebi que sofria de perda auditiva. Na maior parte do tempo eu podia participar de uma conversa sem dificuldades. Sempre que não percebia algo, meu marido o repetia para mim. Usava meu telefone todo o tempo, apesar de usar a função de alto-falante para tornar o som um pouco mais alto.

Mas à medida que o tempo passou, notei que era sempre mais difícil acompanhar conversas - especialmente em ambientes ruidosos, como um restaurante movimentado. Podia ouvir meu marido muito bem, mas enfrentava dificuldades para compreender vozes femininas. Ao voltar para casa após uma noite fora, sentia-me mentalmente exausta pelo esforço de tentar escutar. 

Um problema comum

Então uma noite durante um jantar uma amiga notou a dificuldade pela qual eu passava. Ela era uma clínica geral, e me alertou que eu poderia estar sofrendo de perda auditiva. Aconselhou-me a procurar um especialista em audição que conhecia. Fiquei surpresa e, francamente, embaraçada. Ela me assegurou que o fenômeno da perda auditiva é muito comum e, como eu, a maior parte das pessoas nem percebe que elas podem fazer algo sobre esse problema.

Ela me assegurou que o fenômeno da perda auditiva é muito comum e, como eu, a maior parte das pessoas nem percebe que elas podem fazer algo sobre esse problema.

O que está faltando

Após alguns testes auditivos, meu fonoaudiólogo constatou que eu sofria de uma considerável “perda auditiva em altas frequências”. Isso significa que eu podia ouvir sons graves como a voz de meu marido, mas todos os sons agudos - como vozes femininas, um gato miando ou pássaros cantando - soavam abafados ou não eram percebidos. Meu fonoaudiólogo não foi capaz de determinar exatamente o que causou minha perda auditiva, mas disse que poderia ser algo em minha família ou poderia ter sido causada por todo o barulho a que estive exposta por ter dirigido uma casa de shows movimentada.

Podia ouvir sons graves, mas todos os sons agudos - como vozes femininas, um gato miando ou pássaros cantando- soavam abafados ou não eram percebidos.

Restaurando o equilíbrio

Tentei aparelhos auditivos por algum tempo, mas nunca achei que estavam fazendo o efeito certo. Com o tempo, percebi quantos sons eu estava perdendo. Com os aparelhos auditivos, era realmente difícil encontrar o equilíbrio entre sons graves e agudos, pois precisava de muito mais volume para os sons agudos.

Meu fonoaudiólogo me recomendou um sistema EAS. Explicou-me que a EAS—Estimulação eletroacústica—combinava um implante coclear para os sons agudos com amplificação via aparelho auditivo para os sons graves. A abordagem híbrida poderia me devolver a gama completa dos sons.

Dando os próximos passos

Fui com meu marido consultar uma otorrinolaringologista. Ela me explicou que o implante ficaria sob minha pele atrás da orelha, enquanto o processador de áudio seria colocado na orelha, com uma pequena peça auricular semelhante a meus aparelhos auditivos. A especialista me disse que algumas pessoas perdem sua capacidade auditiva restante com a realização da cirurgia. Mas também me disse que o EAS foi projetado para proteger minha audição natural tanto quanto possível, e havia uma boa chance de eu ainda ouvir naturalmente sons graves.

Minha família me deu bastante apoio, mas eu tinha minhas dúvidas e fui adiando a decisão. Então recebi uma notícia maravilhosa - minha filha estava esperando um bebê. Fiquei repleta de alegria! Sabia naquele momento que não poderia abrir mão de ouvir o som do riso de meu primeiro neto. Após conversar novamente com meu especialista, decidi que o EAS era minha melhor chance.

Claro e nítido

A cirurgia foi bastante rápida; já estava de pé no mesmo dia e fui para casa na manhã seguinte. Mal pude esperar pelo dia de minha ativação - queria experimentar meus ouvidos novos! Quando meu audiologista ativou meus implantes pela primeira vez, foi fascinante. Apesar de as coisas soarem estranhas no começo - e alguns dos sons graves eram um pouco mais baixos que antes - percebi também sons agudos claros e nítidos que não ouvia há anos.

Quando ouvi meu netinho pela primeira vez, sabia que não trocaria minha audição por nada no mundo.

A escolha certa

Após apenas alguns meses, já me sentia confortável com minha nova audição. Meus exercícios diários de reabilitação me ajudaram a melhorar rapidamente minha audição. A opção por implantes auditivos foi uma grande mudança - mas quando ouvi meu netinho pela primeira vez, sabia que não trocaria minha audição por nada no mundo.

 Por que Elizabeth escolheu a MED-EL

Audição residual


Manter a audição que lhe restava era uma das principais preocupações de Elizabeth ao considerar o implante coclear. O sistema EAS da MED-EL, com seus eletrodos curtos e flexíveis, foi projetado para preservar a audição restante, e esse foi o fator preponderante para Elizabeth.

Fala em ambiente ruidoso


Não ser capaz de entender muito do que se falava deixou Elizabeth socialmente isolada e incapaz de se conectar com seu mundo. Um implante coclear da MED-EL lhe deu confiança para se encontrar com amigos mesmo em ambientes movimentados, como restaurantes e cafés.

Fácil de usar


Elizabeth não estava interessada em ter de alterar constantemente configurações ou em usar dispositivos complicados. Ela optou pelo controle remoto fácil de usar da MED-EL e sua tecnologia de gerenciamento automático do som, que se ajusta às situações auditivas sem a necessidade de intervenção manual.

Compatibilidade


Elizabeth sabia que os processadores de áudio IC estavam se desenvolvendo em ritmo acelerado. Ela quer estar certa de que pode se beneficiar da tecnologia mais recente. A MED-EL é a única empresa que se preocupa em fabricar processadores de áudio compatíveis com as gerações de implantes lançados anteriormente, mais de vinte anos antes.

Segurança RM


Elizabeth já havia se submetido a exames de ressonância magnética há poucos anos devido a um problema nas costas. Ela havia lido que o SYNCHRONY 2 pode ser submetido a RM de alta resolução sem cirurgia adicional para a remoção do ímã*. Ela soube imediatamente que se tratava da escolha correta.

Estes perfis são composições baseadas nas experiências reais de usuários. Estes perfis não devem ser considerados como conselho ou recomendação médica. Estes perfis sobre perda auditiva são criados para ajudar as pessoas a melhor entender a jornada auditiva em geral. A audição de cada indivíduo é diferente, de modo que você deve falar com seu médico e descobrir a melhor solução para suas necessidades.

* Os portadores do implante coclear SYNCHRONY 2 podem se submeter com segurança a RM a 0,2, 1,0, 1,5 e 3,0 Tesla atendendo aos requisitos detalhados nas instruções de uso

Sistema EAS

SYNCHRONY para EAS

A estimulação eletroacústica faz uso de duas tecnologias—um implante coclear, mais amplificação acústica—para cobrir a gama completa de audição. Se você em dificuldade para ouvir sons de alta frequência, descubra como a EAS pode ajudá-lo.

Saiba mais

Histórias de usuários

Deseja conhecer experiências de usuários reais? Leia nossas Histórias de usuários e veja como é a vida com uma solução auditiva da MED-EL.


Saiba mais

Entre em contato

Deseja mais informações sobre nossas soluções para perda auditiva? Basta preencher nosso formulário e entraremos em contato com você.

Entre em contato agora