Rabea, 7 anos

Rabea nasceu sem um pavilhão auricular e com oclusão de um canal auditivo. A vida foi tudo, menos agradável para Rabea: eventos, como festas de aniversário das crianças, festivais com música ou até mesmo centros comerciais eram demais para ela, tanto que ela muitas vezes sentia-se esgotada e chorava. Ela desejava tanto participar desses eventos, mas simplesmente não conseguia enfrentar esses ambientes.  

Quando Rabea tinha quatro anos, ela tentou usar uma bandana de condução óssea por duas semanas. Infelizmente ela não foi capaz de lidar absolutamente com isso. Apesar de sua audição ser muito mais fácil, ela não queria usar a bandana, e desse modo todo o dispositivo tornou-se inútil para ela.

Mas alguns meses depois, ela de dispôs a dar uma nova chance ao dispositivo. Foi quando nosso médico nos falou sobre o VIBRANT SOUNDBRIDGE e recomendou o implante para Rabea antes que ela iniciasse a escola. E foi o que fizemos. O dia em que ajustamos seu processador de áudio foi um acontecimento emocionante. Uma das primeiras perguntas de Rabea foi: “Os pássaros sempre cantaram assim tão bonito?”

Rabea tornou-se uma menina muito viva. Ela desafia a si mesma em diferentes esportes e também quer aprender um instrumento musical. Ir a festas ou outros eventos com muitos sons ambientais diferentes é muito mais fácil para ela agora com o SOUNDBRIDGE.

E, a propósito, entre nós chamamos seu processador de áudio de seu “ouvido”.
 
 

© 2017 MED-EL