Cobertura Coclear Completa

Maximize o Potencial da Cóclea Inteira –
da Base a Ápice.

Tonotopia e CCC
Para apreciar a importância da Cobertura Coclear Completa, é importante entender a função da cóclea no processo de audição normal. A cóclea é uma pequena (do tamanho de ervilhas) estrutura em forma de espiral localizada no ouvido interno. É responsável pela conversão de sons, a partir de vibrações mecânicas, em sinais que são transmitidos ao cérebro através do nervo auditivo. Este processo é realizado por células sensoriais especializadas (células ciliadas) dentro da cóclea. Estas células ciliadas são organizadas de acordo com a intensidade ou freqüência. Este arranjo é conhecido como tonotopia. Na audição normal, tons de baixa frequência estimulam as fibras nervosas na ápice, ou na região superior da cóclea. Tons de freqüência alta estimulam as fibras nervosas na base da cóclea.
 
Acima, uma ilustração gráfica da Tonotopia da cóclea.
O que é Cobertura Coclear Completa (CCC)?
Cobertura Coclear Completa é alcançada através de um longo feixe de eletrodos que está presente desde a região apical até a mais basal. Esta faixa de estímulos é crucial, pois proporciona ao usuário de implante uma representação completa de som. Um feixe de eletrodos curto só é capaz de estimular uma região restrita da cóclea, deixando as fibras nervosas do ápice,inexploradas.
 
Estimulação coclear completa fornece ao usuário de implante uma qualidade de som mais rica e mais natural1. Para pessoas usuárias de implantes com feixe longo de eletrodos, há uma série de vantagens potenciais. Estudos mostram, por exemplo, que a Cobertura Coclear Completa melhora a discriminação da fala na grande maioria dos usuários de implante.2

Os feixes de eletrodos únicos, macios e flexíveis da MED-EL são da mesma extensão da cóclea, que maximiza o aproveitamento de todas as fibras nervosas disponíveis.

Os Benefícios do CCC são:

  • qualidade de som superior
  • maximização do potencial natural da cóclea
  • melhora a discriminação da fala 2
  • melhor representação da tecnologia FineHearing ™
  1. Hochmair I, Arnold W, Nopp P, Jolly C, Müller J, Roland P. Deep electrode insertion in cochlear implants: apical morphology, electrodes and speech perception results. Acta Otolaryngol, 2003; 123: 612 – 617.
  2. Haumann et al. (2009) Benefits of Electrical Stimulation Over Two Cochlear  Turns in Postlingually Deafnend CI Users – A Prospective Long-Term Study. Poster at Conference on Implantable Auditory Prosthesis, July 12-17, Lake Tahoe, USA.

© 2017 MED-EL