Como a Estimulação
Eletroacústica Funciona

EAS é a combinação da tecnologia do implante coclear com amplificação acústica em um só sistema. O processamento paralelo entre informações sonoras acústicas e elétricas, juntas possuem vantagens distintas. Veja como funciona:
Um implante coclear transforma sons do dia-a-dia em pulsos elétricos codificados. Esses pulsos estimulam o nervo auditivo. O cérebro interpreta esses sinais como sons.

  1. Frequências sonoras leves e altas são capturadas pelo microfone do Processador de Áudio DUET 2 e, são convertidos em um código especial.
  2. Esse código é enviado a bobina e é transmitido através da pele.
  3. O implante interpreta o código e envia os pulsos elétricos para os eletrodos na cóclea.
  4. O nervo auditivo transmite esses sinais para o cérebro.
     

A amplificação acústica aumenta o volume dos sons que a cóclea é ainda capaz de ouvir. Para o EAS, apenas as freqüências baixas são amplificadas acusticamente.

  1. Sons de baixa frequência são captados pelos microfones e são digitalmente processados.
  2. Os sons são amplificados pelo auto-falante localizado no suporte do ouvido e são retransmitidos via molde auricular para o canal auditivo.
  3. Sons alcançam as áreas intactas da cóclea responsável pelo processamento de som de baixa freqüência.
  4. O nervo auditivo envia os sinais para o cérebro.

 

© 2017 MED-EL